From 1 - 10 / 50
  • Categories      

    Representa a divisão administrativa das ilhas Cape Verde. Os dados foram obtidos a partir da vetorização em softwares de sistemas de informação geográfica tendo com mapa base a ortofoto de 40cm/pixel da cartografia de 2010, usando como referência as descrições/orientações e coordenadas da proposta de lei do ano de 2015, que estabelece a divisão adminsitrativa de Cabo Verde, que por sua vez, baseou-se num conjunto de leis pré-existentes relacionadas com a divisão adminsitrativa nacional, nomeadamente: - Decreto-Legislativo nº 675, de 5 de Outubro de 1940; - Decreto-Legislativo nº 1750, de 12 de Abril de 1971; - Diploma Legislativo Ministerial nº 7, de 2 de Setembro de 1962. - Lei nº 63, 64, 65, 66 e 67 /VI/2005, de 9 de Maio - Lei nº 11/V/96, de 11 de Novembro - Lei nº 96/IV/93, de 31 de Dezembro - Lei nº 23/IV/91, de 30 de Dezembro Os limites dos ilhéus foram obtidos apartir da vetorização/digitalização usando como map base as imagens de satelite da ESRI (Esri Satellite Images).

  • Categories      

    Representa a divisão administrativa das ilhas Cape Verde. Os dados foram obtidos a partir da vetorização em softwares de sistemas de informação geográfica tendo com mapa base a ortofoto de 40cm/pixel da cartografia de 2010, usando como referência as descrições/orientações e coordenadas da proposta de lei do ano de 2015, que estabelece a divisão adminsitrativa de Cabo Verde, que por sua vez, baseou-se num conjunto de leis pré-existentes relacionadas com a divisão adminsitrativa nacional, nomeadamente: - Decreto-Legislativo nº 675, de 5 de Outubro de 1940; - Decreto-Legislativo nº 1750, de 12 de Abril de 1971; - Diploma Legislativo Ministerial nº 7, de 2 de Setembro de 1962. - Lei nº 63, 64, 65, 66 e 67 /VI/2005, de 9 de Maio - Lei nº 11/V/96, de 11 de Novembro - Lei nº 96/IV/93, de 31 de Dezembro - Lei nº 23/IV/91, de 30 de Dezembro Os limites dos ilhéus foram obtidos apartir da vetorização/digitalização usando como map base as imagens de satelite da ESRI (Esri Satellite Images).

  • Categories  

    As áreas protegidas são instrumentos que dão um contributo vital para conservação dos recursos naturais e culturais do planeta. As suas funções vão desde a proteção dos habitats naturais e seus recursos biológicos até a manutenção do equilibro ecológico das regiões onde estão inseridas.

  • A Carta de Susceptibilidade à Movimentos de Vertentes das ilhas de Cabo Verde, foi elaborada em 2014, no âmbito do projeto intitulado "Reforço da minimização e da gestão dos riscos em Cabo Verde (2012 - 2016)", ao qual parte integrante a análise de cartografia da perigosidade para Cabo Verde, tendo como objetivo principal a obtenção do perfil nacional de perigosidade e elaboração da cartografia de perrigosidade para os fenómenos de cheias, rápidas, secas, vulcanismo, incêndios florestais, sismos, instabiliade de vertentes, epidemias e erosão costeira, que constituem a base para o desenvolvimento dum perfil de riscos nacionais que informa e alimenta o Sistema Nacional de Informação sobre riscos. A elaboração da cartografia de perigosidade, envolveu para todos os perigos analisados, a modelação cartográfica do fenómeno de acordo com um conjunto de metodologias científicas e técnicas amplamente disseminadas. Após a obtenção dos resultados cartográficos, estes foram validados, para garantir a melhor aproximação à realidade. Abrange todas as ilhas as ilhas de Cabo Verde, com excepção da ilha de Santa Luzia e os ilheús nacionais.

  • Categories    

    A Carta de Perigosidade Sísmica das ilhas de Cabo Verde, foi elaborada em 2014, no âmbito do projeto intitulado "Reforço da minimização e da gestão dos riscos em Cabo Verde (2012 - 2016)", ao qual parte integrante a análise de cartografia da perigosidade para Cabo Verde, tendo como objetivo principal a obtenção do perfil nacional de perigosidade e elaboração da cartografia de perrigosidade para os fenómenos de cheias, rápidas, secas, vulcanismo, incêndios florestais, sismos, instabiliade de vertentes, epidemias e erosão costeira, que constituem a base para o desenvolvimento dum perfil de riscos nacionais que informa e alimenta o Sistema Nacional de Informação sobre riscos. A elaboração da cartografia de perigosidade, envolveu para todos os perigos analisados, a modelação cartográfica do fenómeno de acordo com um conjunto de metodologias científicas e técnicas amplamente disseminadas. Após a obtenção dos resultados cartográficos, estes foram validados, para garantir a melhor aproximação à realidade. Abrange todas as ilhas as ilhas de Cabo Verde, com excepção da ilha de Santa Luzia e os ilheús nacionais

  • A Carta Geológica da Ilha da Boa Vista apresenta o mapeamento das formações e dos fenómenos geológicos ocorridos na ilha. Foi elaborada no ano de 1974, na escala 1/100 000, por Serralheiro el al. Através da carta em formato papel, fez-se o Scanner e posteriormente foi tratada em ambiente SIG.

  • A Carta Agrícola da Ilha do Sal é uma carta que faz o mapeamento das áreas que apresentam maior potencial de solo e de clima para o cultivo de uma determinada cultura. Foi elaborada no ano de 1958, na escala 1/100 000, por A. S. Teixeira e L. G. Barbosa - A Agricultura do arquipélago de Cabo Verde - Memórias da Junta de Investigações do Ultramar. Através da carta em formato papel, fez-se o Scanner e posteriormente foi tratada em ambiente SIG

  • A Carta Agrícola da Ilha de Santiago é uma carta que faz o mapeamento das áreas que apresentam maior potencial de solo e de clima para o cultivo de uma determinada cultura. Foi elaborada no ano de 1958, na escala 1/100 000, por A. S. Teixeira e L. G. Barbosa - A Agricultura do arquipélago de Cabo Verde - Memórias da Junta de Ivestigações do Ultramar. Através da carta em formato papel, fez-se o Scanner e posteriormente foi tratada em ambiente SIG.

  • A Carta Agrícola da Ilha de São Vicente é uma carta que faz o mapeamento das áreas que apresentam maior potencial de solo e de clima para o cultivo de uma determinada cultura. Foi elaborada no ano de 1958, na escala 1/75 000, por A. S. Teixeira e L. G. Barbosa - A Agricultura do arquipélago de Cabo Verde - Memórias da Junta de Ivestigações do Ultramar. Através da carta em formato papel, fez-se o Scanner e posteriormente foi tratada em ambiente SIG.

  • A Carta de Perigosidade Vulcânica das ilhas de Cabo Verde, foi elaborada em 2014, no âmbito do projeto intitulado "Reforço da minimização e da gestão dos riscos em Cabo Verde (2012 - 2016)", ao qual parte integrante a análise de cartografia da perigosidade para Cabo Verde, tendo como objetivo principal a obtenção do perfil nacional de perigosidade e elaboração da cartografia de perrigosidade para os fenómenos de cheias, rápidas, secas, vulcanismo, incêndios florestais, sismos, instabiliade de vertentes, epidemias e erosão costeira, que constituem a base para o desenvolvimento dum perfil de riscos nacionais que informa e alimenta o Sistema Nacional de Informação sobre riscos. A elaboração da cartografia de perigosidade, envolveu para todos os perigos analisados, a modelação cartográfica do fenómeno de acordo com um conjunto de metodologias científicas e técnicas amplamente disseminadas. Após a obtenção dos resultados cartográficos, estes foram validados, para garantir a melhor aproximação à realidade. Abrange todas as ilhas as ilhas de Cabo Verde, com excepção da ilha de Santa Luzia e os ilheús nacionais.